Sky limpa base e total de assinantes cai em maio

A revisão para baixo da base de assinantes da Sky, conforme noticiado há uma semana, acabou levando a um fato inédito no setor nos últimos anos. O balanço do mês de maio do serviço de TV por assinatura divulgado pela Anatel apresenta queda de 35,26 mil assinaturas (0,21%), em relação ao mês anterior. O Brasil fechou o quinto mês do ano com 16,93 milhões de domicílios com TV paga. Considerando-se o número médio de 3,2 pessoas por domicílio, os serviços de TV por assinatura são distribuídos para aproximadamente 54,2 milhões de brasileiros e estão presentes em 27,9% das residências.

Segundo a Anatel, a queda registrada foi influenciada, principalmente, pelo resultado negativo de 130,45 mil assinaturas do Grupo Sky, considerando também as operações de MMDS (Acom, Teleserv e TV Filme).

A operadora que mais cresceu em maio, em números absolutos, foi a Net, com 36.198 novos assinantes, chegando a 5,57 milhões de lares; seguida da Claro TV, com variação de 30.226, atingindo 3,33 milhões; e Oi TV, que chegou a 885.472 assinantes com a adição de 28.159 assinaturas.

A Sky perdeu 130.450 assinantes, totalizando 5,21 milhões, porque era usuários inadimplentes que não vinham sendo desconectados, conforme constatou auditoria da DirecTV, controladora da empresa. Considerando, no entanto, que a operadora apresentava um número inflacionado em 200 mil assinaturas no final de março, conforme a nota da DirecTV, nos meses de abril e maio a sua base recebeu cerca de 70 mil assinantes novos, o que mostra que a Sky não desacelerou o ritmo de vendas.

No período de 12 meses, a operadora que mais cresceu foi a GVT, com um crescimento de 167,76%, chegando a 516.257 em maio. Na sequência vieram a Oi TV (com aumento de 93,12%) e Claro TV (93,12%).

Além da Sky, as que perderam base no mês de maio foram Vivo TV com menos 877 assinantes, chegando a 543.879; CTBC, que perdeu 1.330, chegando a 124.885; SIM TV, com menos 10.286, totalizando uma base de 90.341; Net Jangadeiro, com menos 960, totalizando 53.907; Sercomtel, que encolheu em 284 assinantes para 21.667; e Net Angra, que perdeu 50 assinantes, chegando a 16.307.

Plataformas

O DTH ficou com participação de 61,9% da base, enquanto o cabo fechou maio com 37,8% das assinaturas. As prestadoras de MMDS perderam 14 mil assinantes no mês, o que representou queda de mais de 21% de sua base.

O cálculo de crescimento anualizado do mercado fica prejudicado por conta das variações no número da Sky.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.