Publicidade
Início Newsletter TV paga mantém tendência de encolhimento. Região NE é a única a...

TV paga mantém tendência de encolhimento. Região NE é a única a ampliar base

Foto: stock.tookapic.com/Pexels.com

A TV por assinatura perdeu 100 mil clientes pagos no mês de março, totalizando uma queda de 236 mil assinantes no primeiro trimestre de 2022. A base no fim de março, de acordo com dados divulgados pela Anatel, ficou em 13,295 milhões de acessos, considerando-se apenas os clientes do serviço pago. No período de 12 meses, o churn foi de 7,27%. A base completa computada pela Anatel, que inclui os planos livres via satélite, apenas com canais abertos e obrigatórios, chega a 15,63 milhões de acessos. A queda entre os conectados no serviço livre é ainda mais acentuada do que entre os assinantes do serviço pago. No primeiro trimestre, a base livre encolheu em 289 mil conexões, de 2,629 milhões para 2,34 milhões.

No serviço pago, a distribuição por fibra ótica, que vinha numa tendência de crescimento, apresentou leve queda pelo terceiro mês consecutivo. No primeiro trimestre, a base nesta tecnologia encolheu em 31 mil assinaturas trimestre para 1,322 milhão de clientes. 

O satélite, que também vinha em tendência de crescimento até fevereiro, começou a perder base no terceiro mês do ano, de 6,738 milhões para 6,707 milhões de clientes do serviço pago. 

Notícias relacionadas

A região Nordeste segue sendo a única com aumento da base do serviço pago: cresceu 0,7% no mês e 7,8% no período de 12 meses para 1,933 milhão.

Entre as operadoras de maior porte, Sky voltou a encolher após período de crescimento. A operadora perdeu 32 mil clientes, atingindo 4,174 milhões de assinantes do serviço pago. A Oi, por sua vez, cresceu de 1,79 milhão para 1,8 milhão de clientes pagos em um mês. Com a migração da base da Oi para a Sky, o que depende de aprovação do Cade, a maior operadora de DTH do país poderá se tornar a maior entre todas as tecnologias com quase 6 milhões de assinantes.

Hoje a maior operadora, a Claro viu sua base encolher para 5,838 milhões. A operadora perdeu 134 mil assinantes, sendo 55 mil apenas no cabo. 

A Vivo se manteve levemente acima dos sete dígitos, com 1,1 milhão de assinantes.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile