Publicidade
Início Newsletter V.tal inaugura edge data center de R$ 200 milhões em Fortaleza

V.tal inaugura edge data center de R$ 200 milhões em Fortaleza

A V.tal inaugurou oficialmente nesta sexta-feira, 3, um novo edge data center na cidade de Fortaleza. Batizado como Big Lobster, a estrutura exigiu investimentos de mais de R$ 200 milhões e conta com 4 MW de capacidade instalada.

O lançamento do ativo reuniu uma série de autoridades na capital cearense – incluindo o governador do estado, Elmano de Freitas, e conselheiros da Anatel. Segundo a V.tal, o edge data center foi lançado com mais de 50% da capacidade disponível já comercializada para clientes.

Nascido como um projeto da Globenet, o Big Lobster é anexo à cable landing station (CLS) da empresa de cabos submarinos (hoje integrada à V.tal por compartilhar o BTG Pactual como controlador). Até então a localidade contava com 1 MW em capacidade, abrigando também o ponto de interconexão (PIX) de Fortaleza, em parceria com o NIC.br. 

Notícias relacionadas

Juntos, os dois data centers cearenses da V.tal ocupam parque de 7 mil m² e reúnem 600 racks – sendo 400 deles do Big Lobster (que é Tier 3). A construção da nova central de dados está relacionada com o volume crescente de tráfego que passa por Fortaleza: apenas na infraestrutura da V.tal/Globenet, mais de 100 ISPs realizam troca de tráfego.

Vale notar que além da onda de data centers (Angola Cables e Ascenty são outras empresas com ativos recentes na região), a capital cearense é tradicional ponto de chegada de cabos submarinos por conta de sua posição geográfica. 17 sistemas de 7 empresas diferentes se ancoram ao município, por onde passa cerca de 90% do tráfego da Internet brasileira, segundo o conselheiro da Anatel, Vicente Aquino.

Planos

Em paralelo, outras cidades estão na rota de edge data centers da V.tal: a empresa tem ativos do gênero no Rio de Janeiro e em Barranquilla, na Colômbia – onde também está sendo realizada expansão, com conclusão prevista para este ano. Já para 2024 está programada a chegada de um edge data center (também com 4 MW) em Porto Alegre, para o qual a empresa já tem terreno adquirido.  

Os mais de R$ 200 milhões aportados pela V.tal no Big Lobster fazem parte de um montante maior – de R$ 4,5 bilhões – investido pela empresa de infraestrutura ao longo do ano passado. A estratégia tem redes de fibra óptica até a residência (FTTH) como outro elemento importante; neste ano, cerca de 4 milhões de casas passadas (HPs) da tecnologia devem ser construídas pela companhia. (O jornalista viajou para Fortaleza convidado pela V.tal).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile