Sercomtel estuda novas parcerias

A Sercomtel (banda A de Londrina, PR), que se mantém impedida de mudar seu controle acionário por um plebiscito municipal, estuda o estabelecimento de parcerias com outras operadoras móveis, revelou Flávio Luiz Borsato, diretor de engenharia e operações da empresa, nesta segunda, 3, durante a cerimônia de assinatura de contrato de migração para o SMP na Anatel. Segundo o executivo, a parceria com a TIM (que opera banda A no restante do Paraná) já existe e será mantida de qualquer forma, mesmo com a entrada em operação da banda D da empresa italiana em Londrina.
Por outro lado, um acordo com o consórcio Telecom Américas também seria interessante para a Sercomtel, uma vez que não há mais freqüências disponíveis em Londrina. "Nós poderíamos ser uma espécie de representante comercial da Telecom Américas na cidade", lembrou. A Sercomtel está entre as operadoras que solicitaram faixas de extensão em 1,8 GHz, com o interesse de migrar sua rede TDMA para o GSM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.