BlackBerry pode competir, mas precisa vender certas áreas, diz conselho da empresa

Em entrevista ao The Wall Street Journal, o diretor do comitê do conselho da BlackBerry, Bert Nordberg, disse que a fabricante pode competir como uma empresa de nicho, mas precisa "se livrar" de alguns dos seus subgrupos. O executivo não especificou quais áreas poderiam ser vendidas. "Acho que a BlackBerry é capaz de sobreviver como uma empresa de nicho. Mas ser uma empresa de nicho significa decidir ser uma empresa de nicho. Historicamente, a BlackBerry tem tido ambições maiores. Mas lutar com gigantes, como a Apple, Google e Samsung é difícil", disse.

Nordberg afirmou que a BlackBerry precisa visar o abismo entre o valor da empresa no papel e como a bolsa de valores percebe esse valor. "Se você olhar para o valor da BlackBerry em seu livro contábil e o seu valor de mercado, está claro que há muito trabalho para fazer", alegou.

Os resultados da empresa vêm desapontando o mercado ultimamente e a BlackBerry anunciou, em agosto, a criação de um comitê especial para considerar a venda da empresa e outras opções, como parcerias, joint-ventures e fechamento do capital. Bert Nordberg faz parte desse comitê especial e atuou na reestruturação da Ericsson quando a empresa quase foi à falência no início dos anos 2000 e, como CEO da Sony Ericsson, participou da venda da parte da sueca na joint-venture com a Sony.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.