Reunião do Mercosul debaterá espionagem e segurança da Internet

No momento em que novas denúncias de espionagem foram trazidas a público em uma reportagem do "Fantástico", no último domingo, 1º, dessa vez envolvendo quebra de sigilo das comunicações de e-mail, SMS, chamadas telefones e até mesmo navegação na Internet da presidente Dilma Rousseff e seus assessores diretos, os ministros do Interior – o equivalente à Casa Civil no Brasil – e da Justiça dos países que compõem o Mercosul e outros associados ao bloco se preparam para discutir as denúncias de espionagem e a segurança da Internet. Os ministros da Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Uruguai, Paraguai e Venezuela se reunirão no dia 8 de novembro, nas Ilhas Margarita, na Venezuela, e debaterão também outras questões, como fluxos migratórios, jogos de futebol, delitos cibernéticos e integração de dados entre os países do bloco.

Brasil

Após a reportagem do Fantástico ter ido ao ar com mais desdobramentos dos documentos entregues pelo ex-técnico da agência nacional de segurança dos EUA (NSA), Edward Snowden, ao jornalista britânico baseado no Brasil, Glenn Greenwald, o novo ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo Machado, recebeu na manhã desta segunda, 02, o embaixador dos Estados Unidos, Thomas A. Shannon, convocado pela Presidência da República para prestar novos esclarecimentos.

A presidente Dilma Rousseff também convocou reuniões de emergência nesta manhã no Palácio do Planalto. A primeira delas teve a presença dos ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, do Gabinete de Segurança Institucional, general José Elito, e da Secretaria-Geral, Gilberto Carvalho. A segunda, logo em seguida, teve, além de Cardozo, os ministros das Comunicações, Paulo Bernardo, da Defesa, Celso Amorim, e das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo Machado.

Com informações da Agência Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.