Pequenas operadoras do México manterão serviços a inadimplentes

Em meio à pandemia de coronavírus (covid-19) que também assola o México, a Associação Independente de Telecomunicações do México (ATIM) anunciou seu serviço de emergência chamado "Life Line", que garantirá aos seus clientes nas áreas suburbanas e rurais do país o recebimento dos serviços de banda larga e televisão por assinatura durante as políticas de contenção do coronavírus no país.

A partir de 15 de maio, os usuários que não puderem pagar suas contas terão acesso ao serviço de banda larga fixa à com velocidade de 2 Mbps; bem como aos canais de televisão nacionais, à faixa de canais educacionais, aos de notícias e aos culturais do Sistema Público de Radiodifusão, informou a associação.

Notícias relacionadas

A decisão de implantar esse programa nessa data – e até que a crise do coronavírus termine ou as finanças da empresa o permitam – é porque a ATIM estima que junho e julho serão os meses mais críticos da pandemia no México devido às medidas de isolamento social, a perda de empregos e a retração da economia em geral.

Parcerias

A associação também fará uma parceria com o Instituto Mexicano de Rádio (IMER) e a Câmara Nacional da Indústria de Rádio e Televisão (CIRT) para permitir aos veículos de comunicação associados destas entidades a retransmissão nos serviços de cabo das associadas da entidade. Enquanto isso acontece, a ATIM convocou outros canais de conteúdo, como Disney, HBO, Viacom, PCTV e Discovery, a se unirem à iniciativa e oferecerem acesso gratuito a seus programas de satélite durante a emergência de saúde.

Até agora, esse grupo de operadoras era o único no México a anunciar medidas para não desconectar seus usuários se eles não puderem cobrir o custo dos serviços. Em coordenação com o governo federal, as principais operadoras do país já ativaram o envio de mensagens com informações sobre o covid-19 e estão dando livre acesso ao conteúdo oficial nos seus sistemas de televisão por assinatura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.