OUTROS DESTAQUES
4G
LTE representa 39% do total da base móvel global; Brasil tem 47%
sexta-feira, 22 de junho de 2018 , 15h16

A tecnologia LTE representava 38,5% das conexões no mundo no primeiro trimestre deste ano. Segundo dados da Ovum divulgados pela associação setorial 5G Americas nesta sexta-feira, 22, havia 3,2 bilhões de acessos 4G ao final de março. A previsão é que sejam 4 bilhões em 2019, chegando aos 5 bilhões em 2021 e atingindo 60% de share em 2022. Atualmente, a quarta geração está presente em 597 redes no mundo, das quais 251 operam com agregação de portadora (LTE-Advanced), segundo informações da TeleGeography-GlobalComms.

A região da América Latina cresceu em 12 meses 2,6 pontos percentuais segundo a associação, e agora totaliza 31,5% do mercado. No total, são 694 milhões de contratos de banda larga móvel, dos quais 219 milhões são LTE (crescimento de 56%). A previsão é que a tecnologia se torne a mais popular na região em 2019, e que atinja as 500 milhões de conexões até final de 2022, incluindo acessos máquina-a-máquina (M2M).

Vale lembrar que no Brasil, a tecnologia em março representava 46,80% do total de acessos móveis (e 47,70% em abril), segundo dados da Anatel. Mantendo a média dos últimos quatro meses de avanço mensal de 1,12 p.p. em participação, espera-se que a base brasileira 4G já seja mais da metade do total de acessos em julho.

A maior participação do LTE é na América do Norte, onde representa 76% do mercado e penetração acima de 100% na população (dado que nenhuma outra região do mundo vai igualar até 2019, de acordo com a 5G Americas), totalizando 365 milhões de acessos. Na Oceania e Leste e Sudeste Asiático, o market share é de 59%. Já na Europa Ocidental, são 46% dos acessos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top