OUTROS DESTAQUES
Infraestrutura
TIM e Yahsat discutem uso de satélite para backhaul
quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2016 , 16h16

Em linha com a política de corte de custos, a TIM planeja utilizar a capacidade em banda Ka do satélite Al Yah 3, da operadora de satélite dos Emirados Árabes Unidos Yahsat, para backhaul na expansão da cobertura 3G e 4G no Brasil. As duas empresas anunciaram o início das conversas nesta quarta-feira, 17, confirmando o lançamento do satélite para janeiro de 2017.

O possível acordo segue metas do plano industrial para o triênio 2016-2018 da tele para aumentar a eficiência financeira e operacional, focando cada vez mais no LTE. Além do projeto já em andamento de refarming em 1,8 GHz, que permitiu à operadora expandir a cobertura 4G para mais de 400 cidades em 2015, a intenção de utilizar a capacidade do satélite para backhaul poderá permitir acelerar a oferta de antenas para banda larga móvel, pelo menos enquanto ainda não leva a infraestrutura ótica terrestre.

Em comunicado, a tele confirma que a intenção é buscar o atendimento a regiões com escassez de infraestrutura de telecom de forma rentável e eficiente. Diz ainda haver confiabilidade na plataforma técnica e operacional da Yahsat, usando como exemplo a cobertura em regiões chuvosas na Nigéria com banda Ka.

O artefato da Yahsat ocupará a posição orbital 20°W, com 27 beams para cobrir 95% da população brasileira com a banda Ka. O diretor da Yasat para o Brasil, Marcio Tiago, disse em outubro para este noticiário que a estratégia principal seria fornecer banda larga residencial, com ofertas de 4 Mbps a 10 Mbps, por meio de parceiros no varejo ou como white label. O uso do AY3 para backhaul era uma possibilidade, com testes de conceito nos planos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top