OUTROS DESTAQUES
Mercado
Desembolso do BNDES para telecomunicações recua 60% em 2015
segunda-feira, 25 de Janeiro de 2016 , 18h52

Os desembolsos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) caíram 28% no ano passado, para R$ 135,9 bilhões, o pior desempenho desde 2008. Com maior peso na carteira do banco, os desembolsos para o setor de infraestrutura (o que inclui desde energia a rodovias, passando por telecomunicações e ferrovias) encolheram em 20%, para R$ 54,9 bilhões. O setor de telecomunicações teve a maior queda, de 60%, para R$ 2,1 bilhões.

Os dados, divulgados pelo BNDES nesta segunda-feira, 25, apontam ainda uma queda de 47% no número de consultas ao banco em 2015–primeira etapa do processo de pedido de empréstimo e que serve como um termômetro dos futuros desembolsos – para R$ 124,6 bilhões. De acordo com o banco, o desempenho acompanha a desaceleração da demanda por novos investimentos e foi influenciado pela política de ajuste fiscal implementada pelo Governo Federal, o que implicou em duas mudanças: condições mais restritivas nos programas equalizados e fim da política de empréstimos do Tesouro Nacional ao BNDES.

Em inovação, o banco conseguiu manter um nível relevante de apoio, com desembolsos de R$ 6 bilhões, igualando a cifra recorde de 2014. Alguns destaques foram projetos de apoio a esforços de engenharia no setor aeronáutico e de microeletrônica e de suporte ao desenvolvimento da biotecnologia avançada nas áreas de biofármacos, biocombustíveis e bioquímicos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top