OUTROS DESTAQUES
Qualidade de serviços
Qualidade da telefonia móvel e fixa recua no 1º semestre de 2015
quinta-feira, 19 de novembro de 2015 , 21h00

No primeiro semestre deste ano, as operadoras móveis cumpriram 68,1% dos indicadores de metas de qualidade previstas, conforme relatório divulgado nesta quinta-feira, 19, pela Anatel. Durante todo o ano de 2014, esse percentual foi de 68,8%, mas os indicadores de conexão de dados e de rede avançaram entre janeiro e junho de 2015.

Segundo a agência, os indicadores que se destacaram com o pior desempenho, no primeiro semestre de 2015, foram o de completamento de chamadas (0,3%) e o de atendimento pela telefonista (12,9%).

Na comparação entre as operadoras, a Sercomtel apresentou, proporcionalmente, o maior percentual de cumprimento de metas, com 80,4% de um total de 102 indicadores referentes a área geográfica onde se encontra em efetiva operação, seguida pela Algar (77,1% de 642), Vivo (72,1% de 5874), TIM (67,7% de 5874), América Móvil (67,2% de 5874), Nextel (66,5% de 3991) e Oi (64,8% de 5874).

Telefonia fixa

Na telefonia fixa, segundo o relatório da agência, as operadoras cumpriram, no primeiro semestre deste ano, 70,4% dos 16 indicadores de qualidades estabelecidos pela agência. Em todo o ano passado, esse percentual chegou a 73,1%.

Os piores desempenhos foram em relação ao atendimento por telefonista/atendente (35,6%), atendimento às solicitações de acessos individuais (28,3%), atendimento de reparo de TUP/TAP (10,1%) e o de atendimento de reparo de TUP/TAP em localidades atendidas por acesso coletivo (0%). As concessionárias tiveram desempenho pior nos quesitos de reação do usuário e atendimento, mas superaram as autorizadas nas metas de rede.

Dentre as prestadoras competitivas, a IpCorp alcançou proporcionalmente o maior percentual de cumprimento de metas com 95% de um total de 271 indicadores referentes às áreas geográficas onde se encontra em efetiva operação, seguida pela Sercomtel (87,8% de 70), Claro (84,3% de 877), Algar (82,1% de 271), TIM/Intelig (74,9% de 875), Oi (62,8% de 985), Vivo (60% de 696) e GVT (50,8% de 607).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top