OUTROS DESTAQUES
Cabos ópticos
Furukawa fechará fábrica de Campinas
segunda-feira, 11 de agosto de 2003 , 15h47 | POR REDAÇÃO

O presidente da Furukawa Industrial S. A., Foad Shaikhzadeh, esclarece que a acionista majoritária da empresa, a japonesa Furukawa Electric, apenas fechará no Brasil sua unidade local da divisão OFS, localizada em Campinas, mantendo inalterada a operação de sua principal unidade produtiva, em Curitiba. Segundo ele, a fábrica a ser desativada, dedicada exclusivamente à produção de cabos ópticos, conta com cerca de 30 funcionários e uma capacidade produtiva equivalente a apenas 20% da capacidade de fabricação da unidade de Curitiba, que pode fornecer até 1,2 milhão km/fibra do mesmo produto por ano.
O fechamento da unidade brasileira da divisão OFS, que conta com fábricas em mais 11 localidades em vários países, faz parte do plano de contenção de prejuízos anunciado pela Furukawa Electric. A escolha da unidade brasileira, explica Shaikhzadeh, deve-se basicamente à estagnação do mercado de cabos ópticos no Brasil. A OFS foi adquirida da Lucent pela Furukawa Electric em joint venture com a Commscope em 2001.
A Furukawa Industrial, que opera fábrica em Curitiba, tem 85% das ações controladas pela Furukawa Electric e 15% com a Mitsui. Além de cabos ópticos, produz fios e cabos metálicos para eletricidade e telecomunicações.
Após ter arcado recentemente com um prejuízo de R$ 250 milhões decorrente da dívida não paga pela Eletronet, em processo de autofalência, a empresa foi recapitalizada. A Furukawa no momento briga na Justiça contra a autofalência da Eletronet visando o ressarcimento do débito.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top