OUTROS DESTAQUES
Congresso
Câmara discutirá situação da Previ nas telecomunicações
sexta-feira, 02 de Maio de 2003 , 16h50 | POR REDAÇÃO

A comissão de fiscalização e controle da Câmara dos Deputados aprovou no dia 30, quarta, o requerimento para que seja convocada uma audiência pública com Brasil Telecom, Previ, Anatel, TIW, CVM e Banco Opportunity para que sejam discutidas as denúncias levantadas pela revista Carta Capital de 23 de abril, segundo as quais a Previ estaria em complicada situação para recuperar seus investimentos de R$ 2 bilhões em telecomunicações em função da estratégia do grupo Opportunity. O autor do requerimento é o deputado Eduardo Cunha (PPB/RJ), ex-presidente da Telerj e membro também da comissão de comunicação. A reportagem da Carta Capital foi escrita pelos jornalistas Rubens Glasberg e Samuel Possebon, da revista Teletime. Ainda não há data confirmada para a audiência.

CPIs

Segundo o deputado Eduardo Cunha, a idéia da audiência é ouvir as partes sobre a situação da Previ, inclusive para que se colham subsídios para uma eventual CPI referente à privatização da Telebrás que está sendo solicitada pelo deputado Jaime Martins Filho (PL/MG) ou para a CPI que pretende investigar suspeitas de propina do ex-diretor do Banco do Brasil Ricardo Sérgio de Oliveira na montagem do consórcio vencedor da Telemar. Este último pedido de CPI está sendo encaminhado pelo deputado Júlio Delgado (PPS/MG). Já conta com 185 assinaturas e é o próximo da pauta de CPIs a serem abertas ou não pela presidência da Câmara. Segundo informações de fontes seguras, o presidente da Câmara, João Paulo Cunha (PT/SP) está sensibilizado com esta questão, teria manifestado sua intensão de apoiar a CPI e espera apenas uma sinalização do Planalto por conta do trâmite político das reformas. No Planalto e no Minicom a vontade é de resolver os "esqueletos" da privatização da Telebrás, mas o timing político ainda é incerto.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top