OUTROS DESTAQUES
Nova Oi
Anatel diz que decisão de votar contra plano da RJ da Oi foi unânime
quarta-feira, 20 de dezembro de 2017 , 09h32

A Anatel divulgou nota na manhã desta quarta-feira, 20, em resposta à aprovação do plano de recuperação judicial da Oi na assembleia geral de credores, encerrada nesta madrugada. A agência destaca que a determinação para o voto contrário foi uma decisão unânime do Conselho Diretor em razão de óbices jurídicos, uma vez que considera que os créditos não tributários, decorrentes de multas, não se enquadrariam nas categorias de crédito.

Há porém, considerações de existência de "ilegalidades na proposta". A Anatel se refere à imposição de parcelamento não previsto em lei, o que vai contra o art. 2º da Medida Provisória nº 780, de 19 de maio de 2017; e o art. 10-A, §8º da Lei nº 10.522/2002, de 19 de julho de 2002. "A Anatel considerou que a transação de créditos públicos federais deve necessariamente obedecer a legislação vigente, inclusive quanto ao parcelamento", declara a agência no comunicado.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top