OUTROS DESTAQUES
ROUBO DE CELULARES
Novo sistema permite bloqueio de celulares roubados pelo número da linha
terça-feira, 08 de março de 2016 , 18h16

A Anatel apresentou, nesta terça-feira, 8, as novas funcionalidades do sistema de bloqueio de celulares roubados, perdidos ou extraviados. A partir de hoje, o bloqueio pode ser feito informando o número da linha, sem necessidade de indicar o IMEI do aparelho. A informação do furto poderá ser feita também nas delegacias de polícia que têm acesso ao sistema. A reformulação do sistema custou R$ 2 milhões para as operadoras.

Para os varejistas que tiveram cargas de celulares roubadas, é preciso informar os números dos IMEIs, já que não têm número de linha associado aos aparelhos, mas o bloqueio poderá ser feito por lotes de números, o que agiliza a tarefa. Essa comunicação precisa ser feita nas delegacias da Polícia Civil dos estados. "Nossa preocupação foi com o aumento de roubo de cargas desses produtos", ressaltou o presidente da Anatel, João Rezende. Para ele, o sistema é um desincentivo ao roubo.

Atualmente, apenas três estado aderiram ao sistema: Bahia, Ceará e Espírito Santo. Mas já há tratativas com a Polícia Federal e as secretarias de segurança pública de Goiás, Mato Grosso, Rio de Janeiro e São Paulo. O acesso das polícias depende de adesão ao sistema. As informações para isso podem ser obtidas pelos emails coge@anatel.gov.br ou prre@anatel.gov.br.

O sistema de Cadastro Nacional de Estações Móveis Impedidas (CEMI) é operado pela ABR Telecom, a mesma empresa que gerencia a portabilidade e o sistema de oferta de insumos no atacado (SNOA). A empresa, contratada pelas operadoras móveis, já tem um cadastro de 6,4 milhões de aparelhos bloqueados desde o ano 2000, só em 2015 foram 1,3 milhão. Tem também acesso ao sistema usado pala GSMA, que já reúne 25,5 milhões de aparelhos bloqueados de 44 países.

Segundo o superintendente de Planejamento e Regulamentação, José Alexandre Bicalho, antes, o bloqueio demorava dias, quando era possível fazer, já que nem sempre o usuário tinha o número do IMEI e o sistema não era integrado para todas as operadoras. Agora, a bloqueio pode ser concluído em poucas horas.

O sistema traz ainda facilidade para quem quiser comprar aparelho de segunda mão. Uma página na internet (www.consultaaparelhoimpedido.com.br) indica se o celular foi roubado ou não ao informar o IMEI, que pode ser obtido teclando *#6# no aparelho. Para quem encontrar o aparelho após o bloqueio, basta ligar para a operadora para torna-lo novamente apto ao uso.

Para quem usa mais de um chip e o celular tem mais de um IMEI, o pedido de bloqueio terá que ser feito nas operadoras responsáveis pelos números. Já para quem tem seguro contra roubo, a apresentação do boletim de ocorrência, que é obtido nas delegacias, é necessária.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
EVENTOS

As publicações TI Inside, especializada no universo das Tecnologias a Informação, e TELETIME, foçada no mercado de telecomunicações, juntam forças para trazer um evento voltado para o universo da transformação digital e a exploração da nova fronteira dentro das empresas de telecom: a análise de dados gerados a partir das redes, o desenvolvimento de novos serviços inteligentes e as novas plataformas de relacionamento. Um evento voltado para empresas de telecomunicações e provedores de serviços e soluções de cloud, big data aplicado a telecom, analytics, customer experience, SDN e NFV

19 de setembro
Hotel Pulmann, SP, Brasil
Top