OUTROS DESTAQUES
Convergência
Ministro da Cultura defende desburocratização e mercado único digital
quarta-feira, 06 de dezembro de 2017 , 20h52 | POR SAMUEL POSSEBON, DE BUENOS AIRES

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, participou nesta quarta, dia 6, em Buenos Aires, da Convención Azul, uma conferência voltada à promoção do livre comércio e iniciativa organizada pelo think tank europeu New Directions, que tem o mesmo propósito. Sá Leitão fez um discurso de forte tom político. Afirmou que há alguns anos dificilmente o Brasil não participaria deste tipo de encontro.

Em seu discurso, ele defendeu a ideia de um mercado único digital (Digital Single Market) para os setores de telecom, mídia e indústria criativa. Trata-se de um conceito regulatório já em implantação pela Comissão Européia de abordar a regulação de serviços prestados pela Internet a partir da plena liberdade de empreendimento, circulação e consumo, e que tem forte impacto na regulação de telecomunicações e do audiovisual.

O ministro enfatizou a defesa na liberdade de circulação de ideias, disse que sua agenda tem se pautado pelo intenso combate à pirataria de conteúdos digitais, respeito à propriedade intelectual e pela ausência de qualquer tipo de controle do estado sobre conteúdos. "Estamos tentando diminuir a burocracia, desregular, abrir nossas portas para a inovação e posicionando o ministério e a Ancine como mediadores, ouvindo todos os stakeholders e estabelecendo as políticas com base na tentativa de consenso". Segundo o ministro, o mercado digital é complexo, mas a abordagem será sempre leve e voltada para o desenvolvimento dos mercados. "Precisamos lidar com a revolução digital com sabedoria e equilíbrio, com uma abordagem global, não apenas local", disse.

"A economia criativa cresce em ambientes de liberdade de mercado, é mais bem sucedida em economias abertas, com liberdade de pensamento, acesso a conhecimento, investimento privado e liberdade de preços", afirmou o ministro. "Isso permite às pessoas escolherem o que comprar, alugar ou assinar", disse ele. "Em essência, estamos falando de menos Estados e mais sociedade".

Segundo Sá Leitão, o Brasil está revisando todas as suas normas regulatórias, todas as suas políticas de estímulo, bem como o papel da Ancine e dos conselhos políticos (Conselho Superior de Cinema e Conselho do FSA). "O mercado digital está se tornando cada vez mais integrado e temos que ajustar nosso modelo regulatório para lidar com isso de uma maneira pragmática. Precisa ser mais flexível, contemporânea, especialmente no Brasil. É uma grande mudança, não apenas na atuação do governo e do setor privado, mas de toda a sociedade".

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor de telecomunicações, discutirá em 2018 os rumos da indústria depois do ciclo de sucesso completado com os 20 anos da privatização do sistema estatal de telecomunicações. A realidade da Internet das Coisas, a chegada da tecnologia de 5G, a necessidade um ambiente mais flexível e dinâmico para os investimentos essenciais a esta nossa etapa e um modelo preparado para o futuro são alguns dos desafios em debate, com presença dos presidentes das principais empresas prestadoras de serviços e provedoras de tecnologias, além de autoridades, reguladores e especialistas.
Em sua edição de número 62, o Painel TELEBRASIL 2018 ganha um dia a mais de debates, com mais espaço e oportunidades para a troca de informações, relacionamento e atualização, tanto para profissionais da indústria quanto para reguladores e formuladores de políticas, que têm acesso gratuito ao evento (mediante inscrição prévia). É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas neste novo ciclo.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
EVENTOS

Evento oficial da Associação Brasileira de Empresas de Telecomunicações, o Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor. É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top