OUTROS DESTAQUES
INDÚSTRIA
Produção de equipamentos de informática e eletrônicos recua 4,9% em junho
terça-feira, 01 de agosto de 2017 , 18h47

A produção de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e óticos recuou 4,9% em junho na comparação com o mês anterior. Mas avançou 10,9% ante junho de 2017 e 18,6% entre janeiro e junho frente ao primeiro semestre do ano passado, como informa a pesquisa mensal do IBGE de produção industrial. Em termos gerais, a produção nacional ficou estável em junho ante maio, na série livre de influências sazonais, após dois meses consecutivos de crescimento na produção, período em que acumulou ganho de 2,5%. 

Na série sem ajuste sazonal, no confronto com igual mês do ano anterior, o total da indústria apontou expansão de 0,5% em junho de 2017, segundo resultado positivo consecutivo, mas menos intenso do que o verificado no mês anterior (4,1%). No índice acumulado nos seis primeiros meses de 2017, o setor industrial acumulou acréscimo de 0,5%. A taxa anualizada, indicador acumulado nos últimos doze meses, com o recuo de 1,9% em junho de 2017, prosseguiu com a redução no ritmo de queda iniciada em junho de 2016 (que foi de 9,7%).

Entre os equipamentos de informática, eletrônicos e óticos que tiveram avanços significativos em 12 meses destacam-se televisores, telefones celulares, placas de circuito impresso montadas para informática, antenas, máquinas automáticas digitais para processamento de dados, aparelhos de comutação para telefonia, unidades centrais para automação industrial, transmissores ou receptores de telefonia celular, indicadores de velocidade, impressoras e cartões inteligentes (smart cards).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top