Vivendi vende 4% da Telefônica Brasil por US$ 877 milhões

Conforme já havia sido antecipado pelo presidente da Telefônica/Vivo, Amos Genish, durante a divulgação do balanço trimestral da companhia no Brasil, a Vivendi vendeu suas ações remanescentes na tele brasileira. Em anúncio conjunto na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta quinta-feira, 30, a empresa francesa anunciou que vendeu 67,9 milhões de ações preferenciais da Telefônica Brasil, representando cerca de 4% do capital social, por aproximadamente US$ 877 milhões. A transação, efetuada após o fechamento da bolsa de Nova York ainda na quarta, 29, foi realizada após a primeira conversão dos papéis em American Depositary Receipts (ADRs).

De acordo com a Vivendi, após esta transação e a conclusão da troca de 3,5% das ações preferenciais da Telefônica Brasil por 0,95% das ações ordinárias da Telefónica, a companhia terá completado então sua saída da do mercado brasileiro de telecomunicações. Dessa forma, ela conseguirá também entrar em conformidade com as exigências do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) quando da aprovação da venda da GVT para a Vivo. Em teleconferência na quarta-feira, o CFO da Telefônica, Alberto Horcajo, afirmou que o Cade deverá aprovar essa troca de ações até o dia 1º de setembro.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.