Modelo da NeoTV prevê também compra coletiva de infraestrutura

A NeoTV está prestes a anunciar um modelo de compra coletiva tanto de conteúdo quanto de infraestrutura para facilitar a entrada de novos operadores no mercado de TV paga. A associação também prevê parceria com operadoras já estabelecidas no mercado de TV paga para facilitar a distribuição de serviços de TV paga convencional e vídeo on-demand (VOD) por pequenos operadores e provedores de Internet interessados neste mercado.

Notícias relacionadas
Este noticiário apurou que a iniciativa deve exigir das pequenas operadoras investimentos menores em headend, softwares e outros equipamentos essenciais para o empacotamento e distribuição do conteúdo televisivo. O princípio é que o operador seja apenas responsável pela licença e pela rede de acesso, deixando toda a parte de empacotamento, negociação contratual, recepção dos sinais entre outras etapas para um agregador. “A intenção é construir uma plataforma única para atender aos ISPs e reduzir o custo fixo”, conta a diretora-executiva da associação NeoTV, Mariana Filizola, sem revelar, entretanto, quem são os parceiros com quem está negociando.

A previsão, segundo ela, é de que o projeto seja finalizado ainda em agosto. “Como muitas dessas empresas são pequenas, a solução é recorrer a sistemas que atendam a várias cidades com compartilhamento de headend e parte da infraestrutura”.

Mariana detalha que a intenção é construir modelos de negócios que reduzam o custo fixo de uma operação de televisão por assinatura para viabilizar a entrada neste mercado de empresas que têm entre 2 mil e 50 mil clientes em cidades de pequeno e médio porte no interior do Brasil.

O novo modelo busca dar aos empreendedores locais a possibilidade de oferecer seus serviços sem a necessidade de investimentos volumosos, que podem chegar a R$ 5 milhões em alguns casos, dependendo do porte da operação.

O assunto é tema de reportagem publicada na revista TELETIME deste mês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.