Parceria entre Telefônica e DTHi (que não existe mais) terá novo relator no Cade

A parceria entre a Telefônica e a DTHi, fechada em 2006, terá novo relator no Cade. Quem assume o caso a partir de agora é o conselheiro Fernando Furlan, depois da saída de Paulo Furquim. O acordo envolvia a oferta conjunta de serviços de TV por assinatura e compartilhamento de infraestrutura. O curioso é que a parceria vai ser julgada depois de desfeita. DTHi e Telefônica já não operam mais em conjunto. A associação entre as duas empresas foi objeto de manifestões contrárias por parte da Sky e da Net, que na ocasião alegavam que a Telefônica estava pegando um "atalho" para poder operar o serviço de TV paga. Posteriormente, a Anatel autorizou a Telefônica a ter seu próprio DTH e também autorizou a compra da TVA. Com esses dois movimentos, a parceria entre Telefônica e a DTHi deixou de fazer sentido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.