Publicidade
Início Newsletter Watch Brasil chega a parcerias com mil provedores de Internet

Watch Brasil chega a parcerias com mil provedores de Internet

Maurício Almeida, có-fundador e presidente da Watch Brasil

O hub de conteúdo Watch Brasil registrou um avanço da estratégia comercial no ano de 2023 e encerrou o último mês de janeiro com parcerias junto a mil provedores de Internet (ISPs). No início do ano passado, a empresa contava com cerca de 400 parceiros – o que indica alta de 150% nos acordos.

Atualmente, as parcerias com os cerca de mil ISPs permitem ofertar o serviço para 1,7 milhão de pessoas. Já para este ano, a projeção é de ampliação também no faturamento.

Nossa meta é crescer 66% neste ano em receita, ampliando o número de parceiros em todos os estados [e] oferecendo um produto com tecnologia nacional, alinhado às principais tendências do streaming mundial”, afirma o CEO da Watch Brasil, Carlos Mendes.

Notícias relacionadas

André Santini, CMO da empresa, reiterou que os esforços nos próximos meses estarão concentrados em dois aspectos: a aquisição de novas ISPs para a carteira de clientes, o que garante um diferencial no mercado, e no trabalho para melhorar a rentabilidade sobre os usuários que já assinam o serviço.

Além de aumentar a presença em regiões onde já atua, também está no pipeline da avenida de crescimento a estratégia de buscar novos mercados por meio de consultores e equipes para os provedores parceiros

O modelo

Com a explosão de plataformas de streaming e com a conta para o consumidor assinar cada serviço ficando cada vez mais elevada, a curitibana Watch Brasil nasceu em 2018 e começou a atuar no segmento junto aos ISPs, ou os provedores de internet locais. 

Na prática, a ferramenta funciona como uma espécie de “marketplace do streaming”, com a oferta de pacotes da Globo, HBO Max, CNN Brasil, Record, Paramoun+, entre outros. Atualmente, as parcerias com os 1.000 ISPs permitem ofertar o serviço para 1,7 milhão de pessoas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile