Empresas brasileiras projetam adoção do 5G no médio prazo, aponta Logicalis

Uma pesquisa realizada pela empresa de soluções e serviços Logicalis apontou que a maior parte das empresas brasileiras (e latino-americanas) vislumbra a adoção do 5G nas operações apenas no médio prazo – ou em um intervalo de três a cinco anos.

O levantamento ouviu 255 executivos da região; no Brasil, 76% reportaram o intervalo de pelo menos 36 meses como horizonte para adoção, contra 69% nos demais países da América Latina. Ao mesmo tempo, somente 40% dos brasileiros reportaram expectativa de adoção imediata da nova geração nos negócios.

Já entre as características lembradas como as mais atrativas do 5G estariam a maior velocidade, de acordo com 79% dos executivos brasileiros ouvidos pela Logicalis. Os entrevistados hispano-americanos, por sua vez, colocaram como aspecto principal a maior capacidade de conexões simultâneas (destacada por 74% dos respondentes)

Notícias relacionadas

No Brasil, outros pontos citados pelos tomadores de decisão foram menor latência, melhor controle online de operações (ambos com 75%) e também a maior capacidade de conexões simultâneas (71%). Com atuação no segmento de Internet das Coisas (IoT), Logicalis também vislumbra explorar os mercados de redes privativas e abertas com a chegada do 5G.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.