Claro inaugura 35ª usina de energia renovável no País

Como parte de um programa de uso de fontes renováveis e ações de proteção ao meio ambiente, a Claro inaugurou a 35ª usina de geração de energia no País. Segundo a operadora nesta quinta, 23, o objetivo com o projeto inteiro de sustentabilidade é cobrir 80% do que a empresa utiliza em suas operações, o que significa mais de 600 mil MWh por ano. 

A usina é a maior planta solar do estado do Maranhão, afirma a Claro – a unidade fica instalada na cidade de Timon. Ela tem capacidade de 5,1 MW, o que a empresa pondera ser suficiente para abastecer 4,5 mil lares. O "complexo solar" ocupa uma área de 17,6 hectares, com 15.692 módulos fotovoltaicos de 325 Wp cada um. A geração estimada, ainda de acordo com a operadora, é de 10,5 mil MWh/ano. 

Além do Maranhão, o programa "A Energia da Claro" está em mais 11 estados (BA, DF, GO, MG, MS, MT, PA, PE, PI, PR e SP). Mais quatro estados estão com instalações em fase final de implantação, além de outros projetos de construção nas demais unidades federativas. "A energia renovável é custo relativamente baixo e reduz a produção de gases de efeito estufa, com menor impacto no meio ambiente do que fontes de origem fóssil", explica, em comunicado, a diretora de Comunicação e Responsabilidade Social Corporativa da Claro, Daniely Gomiero. 

O projeto de geração distribuída da Claro é proveniente de outros tipos de fontes renovadas, como hidrelétrica, eólica, biogás e cogeração qualificada. A previsão é de gerar energia limpa para as concessionárias de eletricidade e engloba também ações de mobilidade elétrica e de eficiência energética, que a tele diz reduzir consumo de energia e diminuir impactos ambientais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.