Vivo desativa rede CDMA em setembro

A Vivo irá desativar sua rede CDMA em setembro. A empresa não revela quantos clientes ainda estão na tecnologia, mas informa que eles estão sendo avisados com antecedência sobre a necessidade de aquisição de um novo aparelho GSM. A operadora afirma que têm ofertas exclusivas para esses clientes e que o aparelho GSM pode sair de graça.
Fontes do mercado dizem que as ERBs CDMA da Vivo provavelmente não será reutilizada, já que a tecnologia CDMA está sendo substituída no mundo todo. Já a parte de infraestrutura como baterias, antenas, torres poderá ser reaproveitada na rede GSM/3G.
Toda a cobertura da região Sul, do interior de São Paulo e um pedaço do Centro-Oeste foi fornecida pela Motorola. O restante do Brasil foi dividido entre Nortel e Alcatel-Lucent. A rede CDMA da Vivo tem cerca de 15 anos, e, de acordo com a Motorola, foi a que mais tempo esteve no ar no Brasil.

Notícias relacionadas
A Vivo ainda tem ajustes de rede a fazer, pois a cobertura CDMA e GSM apresenta discrepâncias nas áreas de sombra, o que pode deixar clientes insatisfeitos no momento do desligamento da rede CDMA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.