Oi quer ter 76% do backhaul móvel em fibra até o final do ano

Segundo o balanço dos investimentos exigidos pela Anatel pós-cautelar que suspendeu a comercialização de novos chips, a Oi é a empresa que mais tem backhaul em fibra. De acordo com a Anatel, foi considerado o backhaul da rede móvel, ou seja, a conexão das estações radiobase (ERBs) independentemente da tecnologia utilizada.

Em dezembro do ano passado, no Brasil inteiro, a empresa tinha 25% do backhaul em rádio e 75% em fibra, e já tinha eliminado o backhaul via satélite. A previsão para o fim de 2013 é uma pequena variação desse número: 24% para backhaul em rádio e 76% para backhaul em fibra. Curioso notar que em alguns estados de Norte e Nordeste a empresa tem, às vezes, até 100% de backhaul em fibra, enquanto que em São Paulo, por exemplo, o backhaul em fibra é de apenas 17%.

O backhaul da Oi está muito mais avançado do que das suas concorrentes. A Vivo é quem tinha menos backhaul em fibra em dezembro do ano passado (13%) e, pela previsão informada à Anatel, continuará com menos backhaul em fibra no fim do ano (15%).

Já a TIM tinha 13% do backhaul em fibra no final do ano passado e quer ter 22% no final deste ano. E a Claro, por sua vez, vai passar de 39% para 46%.

Investimentos

Por ocasião da cautelar que suspendeu as vendas de novas linhas móveis em meados do ano passado, as empresas se comprometeram com investimentos para o triênio de 2012 a 2014. Das quatro empresas de abrangência nacional, quem mais aplicou os recursos até agora foi a Vivo, com 55% dos R$ 7,15 bilhões prometidos; seguida da Claro, com 51% dos R$ 8,26 bilhões prometidos. Depois aparecem TIM, que aplicou 45% dos R$ 4,91 bilhões, e Oi, com 35% dos R$ 5,48 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.