Fabricantes pedem urgência na mudança no 2,5 GHz

Executivos das fabricantes de equipamentos de telecomunicações Alcatel-Lucent, NEC, Nokia-Siemens e Qualcomm estiveram nesta terça-feira, 20, com o ministro das Comunicações, Hélio Costa, para pedir agilidade na mudança da destinação da faixa de 2,5 GHz. Os representantes das empresas reforçaram a defesa da proposta feita pela Anatel, que reserva a maior parte do espectro nessa faixa para o SMP em detrimento do MMDS, que hoje usa essas radiofrequências. A proposta da Anatel transfere, em 2015, 140 MHz para as operadoras móveis deixando apenas 50 MHz para as empresas de TV por assinatura.
A consulta sobre a mudança na destinação terminou na última sexta-feira, 18, com 584 contribuições, sendo que mais de 450 comentários foram contra a proposta. A preocupação das fabricantes é que o Brasil não perca o timing para o estímulo da adoção do padrão LTE, implantado em vários países nesta faixa de radiofrequência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.