Qualcomm demonstra agregação de faixa sub-6 GHz com ondas milimétricas

A Qualcomm completou testes de chamadas de dados em 5G utilizando agregação de portadoras com faixas abaixo de 6 GHz e ondas milimétricas. A combinação, possível com a utilização do chipset Snapadragon X65 5G e módulo com antena de mmWave da fornecedora, foi realizada não só com espectros distintos, mas modulação também.

Segundo a companhia nesta segunda-feira, 19, o teste foi realizado com um smartphone protótipo agregando faixa sub-6 GHz em FDD com faixa de 28 GHz. Depois, executaram o mesmo teste com sub-6 GHz TDD e ondas milimétricas de 39 GHz. 

É uma demonstração importante para um cenário como o do Brasil, no qual as faixas de 3,5 GHz e de 26 GHz serão leiloadas para o 5G, permitindo assim uma combinação de frequências para melhor aproveitamento da capacidade. A Qualcomm diz que permitirá a dispositivos móveis (como smartphones) se conectarem com velocidades comparáveis à banda larga fixa, além de capacitar acesso fixo-móvel (FWA) para residências e pequenas empresas.

Notícias relacionadas

Os testes foram conduzidos no dia 17 de março e utilizaram solução de emulação de rede 5G da Keysithg Tecnologies. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.