Publicidade
Início Newsletter Qualcomm quer crescer sua receita de serviços na América Latina

Qualcomm quer crescer sua receita de serviços na América Latina

Foto: Divulgação

[Do Mobile Time] A Qualcomm está caminhando para expandir os horizontes e deixar de ser uma empresa basicamente de chips para também oferecer serviços, além de habilitar equipamentos FWA, cockpit e IoT massivo. Mas a receita com as novas verticais ainda não é forte na América Latina, pois o 5G – acelerador de grande parte dessas tecnologias – começou a chegar na região mais tarde, como explicou Luiz Tonisi, vice-presidente da Qualcomm e presidente da Qualcomm na América Latina.

Em conversa com a imprensa durante o Digital Transformation Summit da Qualcomm Brazil, nesta terça-feira, 15, Tonisi afirmou que, no futuro, a Qualcomm América Latina terá um faturamento de receita de serviços similar às principais operações da companhia no mundo. Para chegar a este patamar, a empresa vem fazendo parcerias com operadoras e integradoras para que seus serviços e sua tecnologia ganhem escala.

Uma série de integradoras foram apresentadas à imprensa como “Qualcomm Partners”. Entre elas NTT Data, V.Tal, Logicalis, SiDi e SPI. Além das parcerias, a companhia apresentou uma série de inovações:

Notícias relacionadas
  • A chegada da plataforma Aware que oferecerá soluções de IoT como serviços e monitoramentos de transporte de medicamentos de alta complexidade da DRS e de monitoramento de frotas da Maxtrack;
  • Laboratório para soluções de transporte público entre as duas empresas;
  • A versão do LTE Broadcast para a quinta geração, o 5G Broadcast em parceria com a Rohde Schwarz, que será testada no arcabouço da TV 3.0;
  • E a instalação de quatro luminárias da Juganu na Orla de Copacabana, Rio de Janeiro.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile