Brasileiros com iPhone acessam bancos mais pelo celular do que por sites

Quem já experimentou pagar uma conta através de um aplicativo para smartphone usando a câmera como leitor de código de barras sabe a comodidade que isso representa. Agora, uma pesquisa com usuários brasileiros de iPhone mostra que o mobile banking é mais acessado que o Internet banking. Segundo levantamento feito com 3.770 brasileiros donos de iPhone, 65% deles acessam seus bancos por meio de aplicativo móvel, enquanto 61% o fazem através do site web da instituição financeira. Os apps perdem apenas para o caixa eletrônico, ponto de contato citado por 66% dos respondentes. Enquanto isso, 38% dos entrevistados disseram que costumam ir à agência bancária. A pesquisa foi feita pela PiniOn a pedido da Hibou.

Foi perguntado também de qual ou quais bancos o respondente é correntista. O resultado foi o seguinte: Itaú (43%), Bradesco (34%), Banco do Brasil (32%), Santander (28%), Caixa (22%), HSBC (6%) e Citibank (2%). Não foi notada uma diferença significativa de uso de apps de mobile banking de acordo com o banco do respondente. De maneira geral, entre 60% e 70% dos usuários de iPhone utilizam o mobile banking, independentemente do banco. O resultado mais alto foi do Citibank (71%), mas ele é o banco com menor número de correntistas na pesquisa.

Curiosamente, embora não tenham o hábito de ir a agências bancárias, os usuários de iPhone apontam a localização das mesmas como principal fator para a escolha de um banco (42,5%). Em segundo lugar aparece a solidez da instituição (28%), seguida pela facilidade de uso de meios eletrônicos (26%).

Meios de pagamento

O métodos de pagamento mais usado pelos donos de iPhone é o cartão de débito (54%), seguido do cartão de crédito (29%). Apenas 10% responderam dinheiro. E o cheque foi mencionado por 0,5% dos participantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.