Coreia do Sul e Alemanha demonstram roaming em 5G

O primeiro teste intercontinental de roaming em 5G – ou pelo menos do que esperam que seja essa tecnologia, que ainda não foi padronizada – foi anunciado nesta quarta-feira, 15. As operadoras SK Telecom e Deutsche Telekom, em parceria com a fornecedora Ericsson, construíram e demonstraram a comunicação entre a Coreia do Sul e Alemanha com uma prova de conceito, criando uma extensão de roaming em "fatias de rede" (network slicing) otimizadas para realidade aumentada (AR) e serviços de manutenção. A demonstração utilizou um caso de manutenção industrial envolvendo comunicação de um trabalhador por meio de AR com seus colegas utilizando uma rede de terceiros. Dessa forma foi possível oferecer em roaming menor latência e alto throughput para a aplicação de realidade aumentada.

O conceito de fatiamento de rede no contexto da 5G será "como redes virtuais sob demanda", segundo avaliou o vice-presidente sênior e CTO da Ericsson, Ulf Ewaldsson, em comunicado. Por meio dessa tecnologia, a operadora poderá configurar rede fim-a-fim com todas as funcionalidades e parâmetros desejados quando o usuário estiver em roaming – desde que a rede "visitada" seja de uma operadora com acordos de cooperação, cobrindo aspectos como disponibilidade de camada de acesso (móvel e fixo), disponibilidade no core de rede e conexão com servidores de aplicações para consumidores. Com isso, uma tele poderia teoricamente oferecer serviço de rede globalmente, tirando a necessidade de que o consumidor precise de acordos individuais com diferentes operadoras. No entanto, é mais um passo para casos de uso de "roaming permanente" sugeridos para a Internet das Coisas, um conceito não tão bem-vindo para as operadoras brasileiras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.