Amazônia Celular acumula prejuízo de R$ 26,9 milhões

A Amazônia Celular registrou mais um trimestre de prejuízo líquido. Entre julho e setembro a companhia teve um resultado negativo de R$ 9,8 milhões. No ano, as perdas já somam R$ 26,9 milhões.
A receita bruta com serviços da operadora no terceiro trimestre foi de R$ 179,8 milhões, montante 34,4% maior que o registrado no trimestre anterior. O crescimento se deve à adoção do ?full billing?, que determina que as operadoras celulares paguem tarifa de interconexão em todas as chamadas móvel-móvel, independentemente da proporção de tráfego entrante e sainte. A receita líquida com serviços, por sua vez, cresceu 28,4%, atingindo R$ 107,8 milhões.

Notícias relacionadas
O Ebitda da companhia foi de R$ 21,3 milhões, ou 6,7% a mais que no segundo trimestre. A margem Ebitda do período entre julho e setembro foi de 19,7%, o que representa uma queda de 4 pontos percentuais em relação ao segundo trimestre, quando fora de 23,7%.
A Amazônia Celular investiu R$ 5,6 milhões entre julho e setembro. A maior parte (R$ 4 milhões) foi destinada à rede. No ano, acumula um investimento de R$ 23,5 milhões.
Em 30 de setembro, sua dívida bruta era de R$ 269,3 milhões, sendo 100% em dólar norte-americano. Na referida data, 55% da dívida estava protegida por hedge. A dívida líquida ao fim de setembro era de R$ 259 milhões.

Base

A base de assinantes da Amazônia Celular cresceu 1,8% em relação ao segundo trimestre, alcançando a marca de 1,273 milhão de clientes. Desse total, 1,032 milhão tem planos pré-pagos, o que representa 81% da base. Houve uma redução de 3% no número de assinantes pós-pagos do segundo para o terceiro trimestre em razão de uma política mais rígida de aquisição de novos clientes. Ao fim de setembro, havia 241 mil assinantes pós-pagos na Amazônia Celular, ante 248 mil ao fim de junho.
A receita média por usuário por mês (Arpu, na sigla em inglês) foi de R$ 28 na Amazônia Celular durante o terceiro trimestre. Isso representa um aumento de R$ 6 em relação ao segundo trimestre. O crescimento se deve ao ?full billing?. Entre clientes pós-pagos, a Arpu foi de R$ 85. Entre pré-pagos, R$ 14.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.