Publicidade
Início Teletime ZTE promete aparelho com Windows Phone para crescer no mercado de devices...

ZTE promete aparelho com Windows Phone para crescer no mercado de devices no Brasil

De olho na crescente demanda dos brasileiros por celulares com acesso à Internet, a chinesa ZTE anunciou que está prestes a lançar no País um modelo de celular com o sistema operacional Windows Phone, da Microsoft.

Notícias relacionadas
A ideia é ampliar seu portfólio de smartphones para alcançar a meta de vender 5,5 milhões de aparelhos no Brasil até o final deste ano. “Já lançamos 18 até agora e planejamos chegar a 26 modelos até dezembro”, comenta Eliando Ávila, presidente regional da ZTE.

Prestes a ter uma planta fabril em solo brasileiro, a empresa aguarda apenas a liberação de licenças para iniciar a fabricação de aparelhos no País. “O ideal seria produzir ainda neste ano, mas acredito que tudo estará resolvido até o início de 2012”, explicou outro executivo do grupo chinês. Recentemente a empresa havia comprado as instalações da Celestica, no interior de São Paulo. “Estamos com tudo pronto”, completa.

Entre os objetivos da ZTE está emplacar a venda de equipamentos para a telefonia de quarta geração (4G) para operadoras brasileiras: atualmente há duas companhias telefônicas testando a tecnologia desenvolvida pelo grupo chinês. “Queremos ficar entre os três maiores fornecedores de LTE no mercado brasileiro”, conclui Eliando Ávila.

Apostas

Nesta segunda-feira, 12, a empresa lançou o smartphone Skate, que chega ao mercado por meio de uma parceria com a Vivo. O aparelho será uma aposta adicional da linha que une diversos recursos, sistema operacional Android e “baixo custo”, para ganhar clientes que estão comprando seu primeiro telefone inteligente: cada device custará entre R$ 329 e R$ 849, dependendo do plano escolhido pelo cliente. O ZTE Skate será vendido exclusivamente pela Vivo durante três meses.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile