Telesat lança primeiro satélite de constelação de baixa órbita

A operadora canadense de satélites Telesat lançou com sucesso nesta sexta-feira, 12, seu primeiro satélite de baixa órbita (LEO). O artefato é considerado pela companhia a fase 1 da constelação LEO global que pretende lançar futuramente. A empresa já conta com autorização da agência reguladora norte-americana Federal Communications Commission (FCC) para atuar no mercado dos Estados Unidos desde novembro do ano passado.

A constelação LEO da Telesat deverá entregar banda larga de alta performance e "tipo fibra" para clientes de negócios, governo e varejo em "qualquer lugar no mundo". O sistema contará com aproximadamente 120 satélites até 2021, embora a companhia esteja considerando expandir essa configuração inicial.

A fase 1 demonstrará em testes os recursos do design do sistema da Telesat, em particular a capacidade do satélite e de terminais para consumidor de entregar experiência de banda larga em baixa latência. A infraestrutura terrestre será baseada em Allan Park, no Canadá, onde a empresa conta com teleporto e clientes para os testes iniciais.

O satélite foi lançado a bordo do foguete Polar Satellite Launch Vehicle (PLSV), operado pela Organização de Pesquisa Espacial Indiana (ISRO, na sigla em inglês). O satélite foi construído pela britânica Surrey Satellite Technology (SSTL), parte do grupo Airbus Defence and Space.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.