Publicidade
Início Teletime Telegent ainda vê oportunidade com TV analógica

Telegent ainda vê oportunidade com TV analógica

Enquanto o mundo inteiro está caminhando para a adoção da TV digital, a Telegent tem conseguido bons resultados explorando o mercado no sentido contrário. A fabricante de semicondutores já vendeu 20 milhões de chips de recepção do sinal analógico em dispositivos móveis, principalmente o celular, em um ano de operação. Hoje a empresa tem cerca de 25 clientes, e mais de 40 modelos com o chip, sendo que um deles da chinesa ZTE já está homologado para o Brasil. O modelo é o i766 e a fabricante neste momento negocia o aparelho com as operadoras brasileiras. A Telefônica no Peru já comercializa o modelo. Segundo Carlos Kirjner, vice-presidente de desenvolvimento de negócios da Telegent outros fabricantes estão prestes a começar o processo de homologação junto à Anatel.
"O problema da TV móvel é o modelo de negócio. As soluções que têm sido promovidas requerem investimento em freqüência, em infra-estrutura e em conteúdo e são cobradas do usuário", afirma Carlos Kirjner. Segundo estimativas da companhia, o MediaFLOW que tem sido promovido há vários anos nos EUA pelas operadoras Verizon Wireless e AT&T tem uma base instalada de 1 milhão de usuários. Já o DVB-H que tem sido promovido por grandes operadoras européias e por fabricantes do porte da Nokia, por exemplo, a empresa estima que tenha cerca de 8 milhões de usuários.
Para 2009 a expectativa da Telegent é de superar o número alcançado este ano. Um dos fatores para atingir esse objetivo é o fato dos fabricantes, segundo Kirjner, estarem começando a implementar o recurso em aparelhos mais simples. "Até o terceiro trimestre deste ano a maior parte dos aparelhos custava mais de US$ 100. Hoje está crescendo muito os aparelhos na faixa dos US$ 60", diz. O custo total para o fabricante inserir o chip da Telegent é de menos US$ 10 por aparelho. É interessante que a Telegent também produz o chip para a TV digital (exceto para o padrão brasileiro – ISDB-T), mas a grande oportunidade tem aparecido na TV analógica. "Na Ásia na África e na América Latina em geral o único sinal de TV que vai estar disponível em todos os lugares durante muitos anos é o da TV analógica", diz ele.

Notícias relacionadas
Piratas
Boa parte dos celulares piratas que são comercializados no Brasil tem recepção do sinal analógico de TV, o que é incomum nas marcas mais famosas. Kirjner reconhece que a Telegent faz negócios com diversas empresas chinesas e taiwanesas, mas todas elas são legalmente estabelecidas em seus países. "Se esses telefones chegam de forma ilícita e em grande quantidade, isso só demonstra o interesse do usuário", diz ele.
Qualidade

Kirjner reconhece que a qualidade da TV digital é melhor, mas pondera que o nível de sinal tem de ser bom, caso contrário não há imagem nenhuma. Mas a questão da cobertura para ele é um fator crítico para a popularização do serviço. O sinal da TV analógica pode ser captado pelo chip da Telegent até mesmo em movimento. Foram feitos testes no trem bala japonês e os resultados, segundo o executivo, foram bastante satisfatórios.
A Telegent foi criada no Vale do Silício a cerca de quatro anos, mas está comercialmente no mercado desde o último trimestre do ano passado. A empresa tem 200 funcionários sendo todos engenheiros, dos quais cerca de 30 trabalham em áreas de negócios. A empresa acaba de criar um chip capaz de receber tanto o sinal analógico de TV como o digital. A companhia não revela o faturamento.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile