Aumenta relevância da mobilidade nas empresas

O universo de aplicações móveis corporativas está ganhando cada vez mais importância nas estratégias das empresas. Segundo pesquisa mundial da Motorola, mais de 50% das companhias buscam um retorno sobre o investimento (ROI, na sigla em inglês) em até 15 meses.
De acordo com o estudo, 5% dos que responderam à pesquisa projetam ROI no prazo de um a cinco meses, enquanto que 14% estimam o retorno no período de seis a dez meses e 37%, entre 11 e 15 meses. Além disso, 17% preveem o ROI entre 16 e 20 meses, e 18% de 21 a 24 meses.
O diretor de canais Brasil e Conesul da Motorola, Vanderlei Ferreira, revela que oito entre cada dez empresas pesquisadas apontaram um aumento importante de interesse no uso de soluções móveis corporativas para seus negócios.

Notícias relacionadas
O executivo citou ainda que sete em cada dez indústrias veem a mobilidade como chave para converter tempos ociosos em tempo produtivo, com uma economia média de 42 minutos por empregado por dia. Além disso, Ferreira observou que cerca de um terço dos pesquisados que possuem aplicações de vendas móveis reportou um aumento médio de 25% no faturamento e melhoria na satisfação do cliente.
"A mobilidade é uma solução necessária e cada vez mais presente nos negócios das empresas para servir como medida de melhoria da eficiência operacional", afirma Ferreira, que participou do 2º Fórum Mobile Plus, evento promovido pelas revistas TI INSIDE e TELETIME e organizado pela Converge Eventos, nesta quarta-feira, em São Paulo.
Segundo relatório da Motorola, 62% das empresas pesquisadas já têm estratégia de mobilidade, sendo que 8% colocaram a estratégia em prática há menos de seis meses, 17% de seis a 12 meses, 16% de 13 a 24 meses, e 21% há mais de 24 meses.
Entretanto, Ferreira salienta que 22% das companhias não têm estratégias de mobilidade, mas pretendem implantá-las durante os próximos 12 meses. "Esse fato representa uma oportunidade em potencial para a Motorola atuar", comenta o executivo, destacando que os negócios de mobilidade corporativa da Motorola no Brasil cresceram 35% no ano passado e devem saltar cerca de 25% neste ano.
Na visão de Ferreira, a principal área de aplicação das soluções móveis nas empresas é a de supply chain, ressaltando, porém, que todas as companhias que já têm seus sistemas de gestão bem definidos e integrados estão preparadas para adotar soluções de mobilidade. "A mobilidade dá dinamismo ao negócio", observa.
Entre os benefícios proporcionados pelo uso de soluções corporativas de mobilidade, a pesquisa aponta a maior autonomia propiciada aos empregados para serem mais produtivos, a redução de custos trabalhistas, a maior precisão nos pedidos e acuracidade em inventário, além do impacto positivo na geração de faturamento.
Já entre os principais desafios citados pelos respondentes para a atuação das empresas com estratégias de mobilidade corporativa estão as preocupações e riscos com segurança, os custos do equipamentos, os investimentos em aplicações, soluções e suporte, a integração de aplicações móveis com a infraestrutura e a falta de confiabilidade nos aparelhos.
A pesquisa da Motorola foi realizada com 3,3 mil empresas em 14 países do mundo, entre eles o Brasil, Inglaterra, Estados Unidos, França, Alemanha, Itália, China Rússia e Índia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.