Publicidade
Início Newsletter TIM poderá ter participação na Cartão de Todos, se parceria for bem...

TIM poderá ter participação na Cartão de Todos, se parceria for bem sucedida

Renato Ciuchini, da TIM. Foto: Divulgação

[Do Mobile Time] A TIM poderá ter participação acionária na Cartão de TODOS, empresa parceira do setor de saúde, caso o seu serviço recém-lançado de teleconsultas for bem-sucedido, informa o vice-presidente de inovação e novos negócios da operadora, Renato Ciuchini, em entrevista por email para Mobile Time.

A companhia lançou na sexta-feira, 4, um novo serviço de telessaúde em parceria com a Cartão de TODOS. A solução oferece aos clientes pré Top e Black Empresas uma consulta por mês de graça, assim como descontos em medicamentos que podem chegar a 80%. Para os clientes da TIM, os serviços serão prestados por meio da healthtech Tutti Saúde, uma joint-venture nascida após o Grupo Cartão de TODOS adquirir a Virtù Soluções em Saúde.

A novidade chega por meio do aplicativo da Tutti Saúde. O usuário deve baixar o app e fazer o seu cadastro por lá. A navegação no Tutti Saúde Conectada, incluindo as consultas online, não é descontada do pacote de dados dos planos.

Notícias relacionadas

Mobile Time – Poderia falar mais sobre o modelo de negócios da oferta?

Renato Ciuchini – Fechamos, em fevereiro, uma parceria com o Cartão de TODOS. Alguns meses depois, eles compraram o controle da Virtù para oferecer serviços digitais de saúde. Esse acordo criou uma healthtech chamada Tutti Saúde Conectada e é por meio dela que oferecemos o serviço aos nossos clientes. A Tutti disponibiliza todo um ecossistema físico, por meio da rede credenciada AmorSaúde, e digital para acesso simples, ágil e econômico a serviços de saúde, como consultas médicas, exames, descontos em medicamentos, odontologia, psicologia, nutrição e outros.

Qual a estratégia do novo serviço? Melhorar ainda mais o churn ou atrair novos clientes a sua base? Ou os dois?

Temos agregado cada vez mais parcerias em nosso portfólio de ofertas para entregar cada vez mais soluções aos nossos clientes em uma sociedade em que o celular e conectividade são essenciais. Esta estratégia melhora a retenção e também ajuda a atrair novos clientes, e vem sendo bem-sucedida. No balanço do segundo trimestre, por exemplo, apresentamos o menor churn do pós-pago dos últimos 12 trimestres.

O objetivo também é rentabilizar a base por meio da geração de receitas em novas verticais. Oferecemos um serviço freemium com possibilidade de upgrade. A ideia é que os clientes experimentem e busquem, posteriormente, o serviço mais completo, com a assinatura paga.

Como funciona a parceria entre a TIM e a Cartão de TODOS? É semelhante a feita com o C6 Bank?

Por enquanto, temos um acordo comercial. Dependendo do sucesso da parceria e da dinâmica dos resultados, podemos evoluir para um modelo de equity.

lançamento recente da parceria entre TIM e Apple pretende atrair clientes da classe A e B. E o serviço de telessaúde? A TIM pretende conquistar um público das classes C e D?

É provavelmente o público mais interessado, tanto que incluímos a consulta de telemedicina mensal no pré-pago e também a disponibilizamos para os usuários de planos corporativos voltados para pequenas e médias empresas, ou seja, pode ser utilizada pelos funcionários desses pequenos negócios.

De acordo com a Agência Nacional de Saúde, existem mais de 165 milhões de pessoas sem acesso a planos de saúde no país. Realizamos uma pesquisa com nossos clientes e constatamos que aproximadamente 60% não têm cobertura privada. Esta é uma oportunidade de entregar serviços de saúde de qualidade e com os diferenciais de duas empresas representativas em seus setores, em uma iniciativa importante para o País.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile