Sumicity lançará serviço de TV por assinatura em janeiro

A Sumicity está planejando o lançamento de seu serviço de TV por assinatura em janeiro de 2014. A empresa, que provê serviço de internet para cerca de 18 mil assinantes, oferecerá o serviço de TV inicialmente nas cidades de Além Paraíba, em Minas Gerais e Carmo, Sumidouro, Guapimirim e parte de Teresópolis, no Rio de Janeiro. O serviço será entregue com tecnologia IPTV via FTTH (Fiber To The Home) com set-top boxes da Homecast e tecnologia de acesso condicionado da Conax.

Nessas cidades, a maior parte da operação da Sumicity utilizava cabos UTP para oferecer serviço de internet. De acordo com seu diretor geral, Vicente Sérgio da Silva Gomes, para viabilizar o serviço de IPTV a empresa vem investindo na migração para fibra há pouco mais de um ano, e está concluindo a construção de um headend na cidade de Carmo.  “É um investimento muito grande, mas que permitirá oferecer o melhor conteúdo. O que chegar de conteúdo em HD nós podemos distribuir. Também freamos o crescimento da empresa em 2012 para evitar que a base de assinantes crescesse em cima de uma tecnologia ultrapassada que precisaria migrar com custos”, disse Gomes.

A empresa planeja cobrir toda a cidade de Teresópolis com estrutura para FTTH até o final de 2014, e concluir a migração de toda sua base de assinantes atendidos com cabos UTP em dois anos. “Onde não conseguirmos migrar para fibra, iremos deixar de oferecer os serviços”, disse Vicente.

DTH

Nas regiões menos populosas, onde entrega serviço de internet via rádio, a Sumicity pretende entregar o serviço de TV por assinatura com DTH em parceria com a Unotel, que está lançando um serviço de TV paga por satélite para ser distribuído nacionalmente por ISPs.

Programação

A grade de canais da Sumicity será diferente nos serviços de IPTV e DTH. Isso ocorre porque, onde levar o serviço de IPTV, a própria empresa, com ajuda da Neo TV, negocia a contratação dos canais com as programadoras. Já no caso do DTH, a Unotel negocia uma grade de canais que será usada por todos que ofertarem o serviço.

De acordo com Vicente, a grade que será lançada com o serviço de IPTV contará com canais de quase todas as principais programadoras. A exceção é a Globosat, maior programadora do país.

A entrevista com o diretor geral da Sumicity fará parte de uma matéria sobre a entrada ISPs no mercado de TV por assinatura que estará na edição de novembro da revista TELA VIVA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.