Telebras consegue dispensa de licitação para posição orbital

A Anatel aprovou esta semana a dispensa de licitação para que o Satélite Geoestacionário para Defesa e Comunicação (SGDC-1) opere na posição 75˚W (o que equivale geograficamente a uma posição em cima da Colômbia), sem a necessidade de pagamento. A justificativa é de que não se trata de um satélite com exploração comercial. Mas, segundo fontes ouvidas por este noticiário, os militares envolvidos estariam insatisfeitos com o posicionamento porque isso traz limitação de cobertura para o Atlântico Sul. Uma alternativa estaria sendo buscada em uma outra posição orbital mais avançada sobre o oceano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.