Google se recusou a fazer parte do consórcio que comprou patentes da Nortel, diz Microsoft

A Microsoft respondeu bem rápido às acusações do Google de que a companhia, juntamente com a Apple e outras empresas, estravam realizando uma "campanha hostil contra o Android", sistema operacional do Google.
O conselheiro-geral da Microsoft, Brad Smith, publicou em seu twitter a cópia de um e-mail no qual supostamente o Google responde negativamente a um convite para fazer parte do consórcio que adquiriu as patentes da Nortel, composto além da Microsoft, por Apple, RIM, Sony Ericsson e EMC. "O Google disse que compramos as patentes da Nortel para tirá-las do Google. Sério? Nós os convidamos para se juntar ao consórcio. Eles disseram 'não'", comentou.
No e-mail divulgado, o conselheiro-geral e vice-presidente sênior do Google, Kent Walker, afirma a Smith que "depois de consultar algumas pessoas, um consórcio não seria interessante no momento por diversas razões". Kent agradece o convite e abre espaço para novas negociações.

Notícias relacionadas
O líder de Comunicação da Microsoft, Kent Shaw, também provocou o Google com uma mensagem em seu Twitter que dizia: "Conselho grátis a David Drummond [vice-presidente sênior e diretor jurídico do Google, que fez a publicação no blog] – da próxima vez, confira com Kent Walker antes de postar".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.