Vodafone e Rakuten investem em rede móvel via satélite

Foto: Pixabay

A japonesa Rakuten e a inglesa Vodafone anunciaram nesta terça-feira, 3, que se tornaram os principais investidores de uma rede de satélites de baixa órbita (LEO) que pretende prover conectividade 4G (e futuramente 5G) diretamente para smartphones.

Batizada como SpaceMobile, a startup é uma iniciativa da Avellan Space Technology & Science (AST & Science). Considerando os dois aportes anunciados pela dupla de gigantes, a nova operadora satelital já recebeu US$ 128 milhões em investimentos, incluindo recursos da American Tower, da Cisneros, do fundo Samsung NEXT e do próprio fundador da AST & Science, Abel Avellan.

"A rede espacial da AST & Science será a primeira a se conectar diretamente aos smartphones 4G – e no futuro 5G – sem a necessidade de hardware de satélite especializado", explicaram a Vodafone e a Rakuten, em comunicado conjunto. Segundo a dupla, a investida já possui "um extenso portfólio IP e patentes para as tecnologias terrestres e espaciais".

Ainda de acordo com comunicado, a AST & Science já testou com sucesso a tecnologia da SpaceMobile a bordo do satélite BlueWalker 1, lançado em abril de 2019. Desde então, a startup vem validando os resultados. Com o acordo com a Vodafone, a operadora satelital também receberá consultoria técnica, operacional e regulatória da gigante inglesa.

Além de cobrir lacunas de cobertura móvel, o serviço ainda deve amparar o atendimento em regiões remotas. No caso da Vodafone, foram citadas regiões rurais e áreas de risco na Europa e na África. Já a Rakuten (originalmente um e-commerce e depois como MVNO, mas que iniciará operação comercial de rede própria de telecomunicações no mês que vem) terá foco em áreas metropolitanas e rurais do Japão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.