Telefónica lança primeiro modelo com Firefox OS, o ZTE Open

O Firefox OS finalmente está disponível comercialmente. O primeiro modelo com o sistema operacional da Mozilla é o ZTE Open, disponível a partir desta terça-feira, 2, na Espanha para assinantes da Telefónica ao preço de 69 euros, algo próximo a R$ 200. A operadora está oferecendo 30 euros de crédito para os pré-pagos que adquirirem o aparelho e um cartão microSD de 4 GB, segundo informações do site Tech Crunch. Dentro de algumas semanas o produto chegará à América Latina, através das operadoras do grupo espanhol na região. É provável que a Vivo seja uma delas.

O ZTE Open fora apresentado no Mobile World Congress, em fevereiro passado, em Barcelona. Ele tem 3,5 polegadas, resolução HVGA, 256 MB de RAM, 512 MB de espaço interno e câmera de 3,2 MP. Seu sistema operacional é leve, baseado em HTML5. Na prática, é como se fosse um navegador de Internet e as aplicações, páginas HTML.

Este é o primeiro de uma série de aparelhos com Firefox OS que chegarão aos mercados europeu e latino-americano por meio de operadoras como Movistar, Claro, T-Mobile, dentre outras. Além da ZTE, estão comprometidos com essa plataforma fabricantes como Alcatel One Touch, Huawei e LG.

Análise

A aposta da Telefónica no Firefox OS faz parte de uma estratégia para quebrar o duopólio entre Android e iOS no segmento de smartphones. Na mesma linha, o grupo espanhol anunciou na semana passada que vai incrementar a promoção de aparelhos com o sistema Windows Phone.

Outro efeito do Firefox OS é tornar os smartphones acessíveis para uma camada de renda mais baixa. Atualmente, os modelos Android mais baratos no Brasil têm preço em torno de R$ 450. Se o ZTE Open chegar aqui pelo mesmo preço europeu (R$ 200) tem chance de fazer sucesso. A grande desvantagem, inicialmente, é não ter a mesma variedade de aplicativos que o Android e o iOS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.