OUTROS DESTAQUES
Convergência
Sumicity lança serviço para controlar e assistir TV linear em dispositivo móvel
quinta-feira, 23 de agosto de 2018 , 16h07

A operadora triple-play Sumicity lançou nesta quinta-feira, 23, serviço que permite controlar a TV por assinatura ou mesmo assistir à programação por meio de dispositivos móveis. O Sumicity Play funciona em aparelhos Android ou iOS (iPhone/iPad) por meio de portal ou aplicativo próprio e permite a conexão com o set-top box/receptor tradicional ou assistir ao conteúdo ao vivo linear (Live Stream), além de poder voltar ao início do programa atual, retornar a programação e gravar conteúdos na nuvem (catch-up TV).

Segundo a operadora, o lançamento faz parte da estratégia de se consolidar no mercado de fibra até a residência (FTTH), por meio do qual oferece o serviço de IPTV. Inicialmente, o Live Stream estará condicionado ao pacote de TV onde já existe o atendimento da empresa em residências. A promessa, contudo, é de que o serviço poderá ser comercializado para "todos os dispositivos móveis", segundo explica o CEO da Sumicity, Vicente Sérgio da Silva Gomes, em comunicado.

A companhia foi fundada em 2004 e oferece banda larga, telefonia fixa e IPTV por meio do FTTH, com foco na região Sudeste do País. A tele tem como meta usar rede própria para atender a 500 mil novos clientes e novas áreas de atuação até 2021.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top