OUTROS DESTAQUES
Espectro
Abrint considera razoáveis preços dos lotes da faixa de 2,5 GHz destinados a ISP
terça-feira, 10 de novembro de 2015 , 15h20

Em avaliação preliminar, a Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint) considerou razoáveis os preços dos lotes da frequência de 2,5 GHz, que serão leiloados pela Anatel no dia 17 de dezembro. Para esses blocos, que são divididos por municípios, o preço mínimo varia de menos de R$ 2 mil e R$ 5 milhões, nas cidades onde há interesse das grandes operadoras, conforme o edital divulgado nesta segunda-feira, 9, pela agência.

A expectativa do diretor de Regulação e Legislação da entidade, Basílio Perez, é de que muitos associados participem do leilão. Além do preço baixo, os pequenos provedores que vencerem a licitação terão condições de pagamento especial: 10% à vista e o restante divididos em 10 parcelas, com três anos de carência. Os valores serão reajustados pelo IGP-DI mais 0,25% de juros ao mês. Para as frequências de maior valor, o pagamento pode ser feito em até seis parcelas e o reajuste é pelo IGP-DI mais 1% de juros ao mês.

Segundo Perez, a Abrint vai promover um encontro, em Brasília, com os fabricantes de equipamentos para construção de redes. O objetivo é dar as condições para que os pequenos provedores possam montar seus planos de negócios, que embasem suas ofertas por cada lote.

A venda desses lotes será feita por propostas que serão apresentadas por carta e em sistema eletrônico desenvolvido pela Anatel para esse fim. Não haverá repique e vencerá o preço mais alto.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top