OUTROS DESTAQUES
Política
Miro e Mendonça de Barros admitem irregularidades na privatização
sexta-feira, 01 de agosto de 2003 , 16h57 | POR REDAÇÃO

O ministro das Comunicações, Miro Teixeira, mostrou que dispõe de relatório do Ministério Público Federal (MPF) sobre irregularidades no processo de privatização do Sistema Telebrás.
O ministro disse que está impedido legalmente de revelar detalhes sobre o conteúdo do documento, mas admitiu que as irregularidades envolvem empresas privadas que participaram do processo de privatização.
O ex-ministro das Comunicações Luiz Carlos Mendonça de Barros também admitiu ter conhecimento de irregularidades da privatização e confirmou o envolvimento de empresas privadas. Ambos estiveram presentes nesta sexta, 1º, no evento "O futuro das Telecomunicações no Brasil", promovido pela revista Exame.

CPI

Atualmente, a CPI do Banestado, que apura operações ilegais de remessa de dinheiro para o exterior via contas CC-5, também trabalha a hipótese de que parte destes recursos tenham retornado ao país por meio dos fundos de investimento que participaram da privatização. Esta semana, o procurador federal Luiz Francisco de Souza testemunhou à CPI e confirmou que o Ministério Público e a Polícia Federal trabalham na investigação destes fundos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top