OUTROS DESTAQUES
Política de telecomunicações
Schymura volta a defender equilíbrio econômico das empresas
sexta-feira, 30 de Maio de 2003 , 14h48 | POR RAQUEL RAMOS, DE FLORIANÓPOLIS

O presidente da Anatel, Luiz Guilherme Schymura, afirmou que foi avisado pelo ministro das Comunicações Miro Teixeira que a agência será chamada pelo presidente Lula para conversar sobre a minuta de decreto com as políticas de telecomunicações. A conversa deverá ocorrer depois que o presidente se reunir com as concessionárias locais para tentar um acordo sobre a política para o setor. Schymura evitou fazer comentários sobre o documento limitando-se a dizer que é preciso garantir que o equilíbrio econômico-financeiro das empresas seja mantido. "Eu me sentiria muito constrangido se o equilíbrio econômico-financeiro das empresas fosse comprometido". O presidente da agência confirmou que não participou das discussões sobre a política, mas manteve conversas freqüentes com o ministro, que procurou sempre discutir suas opiniões.

Reestruturação

Sobre o estudo realizado pelo governo para reestruturar o trabalho das agências reguladoras divulgado na semana passada, Schymura afirmou que só teve conhecimento por meio da imprensa. No entanto, o presidente da Anatel está bastante preocupado com a possibilidade de se definir contratos de gestão com os dirigentes das agências reguladoras. "Como se definem metas para um regulador?", indaga Schymura, completando: "um banqueiro pode ter como meta um determinado faturamento, por exemplo, mas como dizer para um presidente da agência que ele tem que licitar 'x' licenças?". Para Schymura, a tarefa do regulador também depende da conjuntura política e econômica.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top