OUTROS DESTAQUES
Serviços
Blah! assina contratos para chat com BCP e Verizon Wireless
quarta-feira, 21 de Maio de 2003 , 18h37 | POR REDAÇÃO

A Blah!, subsidiária de serviços de valor agregado para telefonia móvel da Telecom Itália, assinou contratos para a oferta de seu chat via SMS com mais duas operadoras: a BCP e a Verizon Wireless. A companhia já conta com mais de 2 milhões de usuários cadastrados em seu chat no Brasil e em alguns países da América Latina e espera dobrar esse número até o final do ano. "O contrato com a Verizon Wireless representa a entrada da comunidade Blah! no mercado americano. O próximo passo é fechar contratos com operadoras do México, Canadá e mesmo outras nos Estados Unidos. Só depois pensaremos em Europa e Ásia", detalha o CEO da Blah!, Federico Pisani.
Vale lembrar que os usuários do bate-papo no Brasil poderão conversar com aqueles nos EUA, assim como já fazem com os de outros países da América do Sul. A plataforma que serve a todas operadoras clientes da Blah! está instalada em Miami. A centralização, segundo Pisani, facilita e torna mais barata a interoperabilidade. Conforme a comunidade Blah! cresce ao redor do mundo, ela vai se tornando ao mesmo tempo o principal ativo da companhia. O executivo acredita que no futuro será possível vender o serviço até mesmo para operadoras que já ofereçam outro tipo de chat, pois elas estarão comprando o acesso à comunidade Blah! para seus usuários.
Os contratos fechados com a BCP e a Verizon Wireless são de revenue share e têm duração de longo prazo. Eles contemplam também a oferta de jogos SMS criados pela Blah!.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top