OUTROS DESTAQUES
TV DIGITAL
Governo de Brasília se compromete a ajudar Minicom no processo de desligamento do sinal analógico de TV
segunda-feira, 04 de abril de 2016 , 20h16

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, disse, nesta segunda-feira, 4, que irá cooperar com o Ministério das Comunicações no processo de desligamento do sinal analógico de televisão em Brasília e nas cidades do entorno, que está previsto para acontecer em 26 outubro deste ano. "É uma pauta bastante positiva, focada na modernidade, e vamos colaborar no que for possível", disse o governador, após receber o ministro André Figueiredo no Palácio do Buriti. O governador designará dois representantes da administração local para integrar o grupo de implementação da mudança no DF.

O ministro afirmou que a parceria com o GDF poderá contribuir em ações como a distribuição dos conversores de sinal digital para as famílias beneficiárias de programas sociais, o que permite que os televisores antigos não fiquem sem o serviço de TV, e a publicidade para informar a população a respeito da troca de sinal.

Para André Figueiredo, a junção de esforços é importante para que toda a população tenha acesso ao sinal digital. "A integração é extremamente importante para que o processo transcorra de maneira eficiente. Pelo perfil da região, acredito que não teremos dificuldades", afirmou. Segundo ele, a previsão é que, a partir de junho, sejam distribuídos cerca de 230 mil conversores digitais no DF para que aparelhos mais antigos recebam o novo sinal. Serão beneficiados inscritos no programa Bolsa Família e no cadastro único do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Mais de 40 mil caixinhas já foram distribuídas nas cidades do entorno.

O desligamento do sinal analógico no Distrito Federal e nove cidades goianas do Entorno (Cristalina, Luziânia, Santo Antônio do Descoberto, Valparaíso de Goiás, Cidade Ocidental, Novo Gama, Formosa, Águas Lindas de Goiás e Planaltina) acontece em 26 de outubro.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top