HP compra Palm por US$ 1,2 bilhão

A HP anunciou nesta quarta-feira, 28, que entrou em acordo definitivo para adquirir a Palm por US$ 1,2 bilhão, ou seja, ela vai pagar US$ 5,70 por ação da fabricante de smartphones.
Segundo comunicado divulgado pela HP, o montante representa um prêmio de 23% sobre o valor das ações da Palm no encerrameto do pregão desta quarta, 28. A HP afirmou ainda que o conselho de administração das duas empresas já aprovaram o negócio.
O movimento marca uma nova investida da HP no segmento de mobilidade. A companhia já havia investido na fabricação de seu próprio smartphone, o iPaq, mas não obteve sucesso. Com a aquisição da Palm, ela pretende ganhar força em um dos segmentos mais disputados de todos.

Notícias relacionadas
Em comunicado, a HP diz que a combinação de sua força financeira e escala global com o sistema operacional da webOS da Palm, proporcionará a HP participar com mais agressividade e competitividade no segmento de smartphone, que é um mercado de crescimento acelerado e alta lucratividade.
"O sistema operacional inovador da Palm provê a plataforma ideal para a estratégia de mobilidade da HP", disse no comunicado o vice-presidente do grupo de sistemas pessoais da HP, Todd Bradley.
Em transmissão realizada via webcast, Bradley revelou que a aquisição da Palm trará tecnologia para a HP disputar com maior competitividade um mercado avaliado em US$ 100 bilhões e que tem avançado 20% ao ano.
Entre as oportunidades que se abrem com a transação,o executivo adiantou que a companhia pode utilizar as soluções da Palm, entre elas o sistema operacional webOS, em outros dispositivos, além dos smartphones, como tablets PCs e slate PCs.
"Nós vamos elevar os investimentos em pequisa e desenvolvimento e também em marketing e vendas. Nós vamos pegar esta plataforma, que hoje existe somente em smartphones, e levá-la para muito mais amplo do que isso. Por esse motivo, investiremos pesadamento neste negócio no ano que vem", disse o diretor de relações com investidores da HP, Jim Burns, ressaltando também que existem muitas sinergias entre as empresas.
A Palm já buscava um comprador no mercado após registrar seguidos desempenhos financeiros negativos. O negócio ainda está sujeito a aprovação dos acionistas das empresas e dos órgãos reguladores. A expectativa da HP é que a transação será concluída durante o seu terceiro trimestre fiscal, que terminará em 31 de julho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.