Receita da Netflix cresce, mas lucro cai

A Netflix apresentou crescimento de receita maior do que o esperado para o terceiro trimestre de 2012, mas teve uma queda vertiginosa nos lucros e desaceleração no crescimento da base de assinantes, levando à queda de suas ações em mais de 11%.

A receita subiu para US$ 905,1 milhões, um aumento de 10% de um ano para cá, mas a empresa informou uma queda acentuada de 88% em seu lucro líquido no terceiro trimestre, chegando a apenas US$ 7,7 milhões para o trimestre findo em 30 de setembro, contra US$ 62,5 milhões um ano antes. O culpado é o aumento dos custos com conteúdo e da expansão internacional em curso.

No terceiro trimestre, a companhia adicionou 2 milhões de membros ao total de 29 milhões em nível mundial. Nos EUA, as assinaturas do serviço de streaming cresceram para 25,1 milhões, um crescimento de mais 20% em um ano. No entanto, a empresa revisou sua meta para o quarto trimestre, dizendo que agora espera adicionar de 4,73 a 5,43 milhões de clientes nos EUA no ano, abaixo de sua previsão anterior de 7 milhões.

Alguns analistas consideram que ter participação de mercado maior é uma meta muito elevada para a empresa. "A Netflix acredita que pode chegar a 50% ou 75% de todos os lares norte-americanos", escreveu Tim Nollen, da Macquarie Capital. "Nós achamos isto extraordinariamente otimista, e acreditamos que a redução da meta para o quarto trimestre é um mau presságio." A Netflix também projetou para US$ 931 milhões a receita para o quarto trimestre, abaixo das estimativas de US$ 944 milhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.