EUA: AT&T usará espectro da Dish em meio à pandemia de coronavírus

Foto: Pixabay

No esforço de aumentar a capacidade dos serviços de banda larga nos EUA durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19), a operadora Dish anunciou que disponibilizará 20 MHz de espectro em 700 MHz para utilização da AT&T. Sem custos, a cessão tem prazo inicial de dois meses.

"A Dish se orgulha de unir forças com a AT&T para […] apoiar as necessidades de conectividade dos americanos durante este período desafiador", afirmou o vice-presidente de políticas públicas e assuntos governamentais da empresa de DTH, Jeff Blum. "O aprimoramento das redes sem fio ajuda a fornecer aos norte-americanos a largura de banda necessária para trabalhar, aprender e checar entes queridos, o que é especialmente crucial para clientes sem acesso a outras fontes de banda larga".

O movimento não é o primeiro neste sentido nos EUA: na última segunda-feira, 16, licenças temporárias de oito incumbentes da faixa de 600 MHz (entre elas a própria Dish) foram concedidas para a T-Mobile reforçar os serviços de conectividade durante o período de quarentena recomendado.

Seaborn

Operadora do cabo submarino Seabras-1, a Seaborn também anunciou uma iniciativa para atendimento da demanda por Internet durante a pandemia. Ao lado da EdgeUno, a empresa vai disponibilizar trânsito IP gratuito por 90 dias para instituições elegíveis nas Américas, incluindo no Brasil, Chile, Colombia, Argentina e Peru através da parceira.

A oferta é válida para organizações sem fins lucrativos, programas educacionais, governos estaduais e municipais, prestadores de serviços públicos de saúde e ONGs.

1 COMENTÁRIO

  1. A AT&T busca uma solução para o coronavirus nos EUA, mas, aqui no Brasil, obriga 16 ( dezesseis) funcionários a trabalharem na IBM de Hortolândia em regime fechado. Pela IBM todos já estariam em casa, mas, AT&T não deixa. E agora, o que fazemos???

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.